Networking

  • O que é?

Networking é uma rede de relacionamentos profissionais que se constrói na sua área de trabalho/actuação, independentemente da sua profissão e/ou actividade, sem restrições. Qualquer profissional pode montar uma rede de contactos e relacionamentos, bastando, para isso, conhecer pessoas, relacionar-se com elas, estar em contacto constante, de modo a que essas relações sejam proveitosas para todas as partes envolvidas. Trata-se então de um instrumento formal e informal para criar laços entre pessoas com interesses similares e gerar oportunidades de negócio.

  •  Quais os benefícios?

Ao praticar Networking somos, ao mesmo tempo, fornecedores e usuários das facilidades e ajudas das quais as pessoas dispõem. Assim, os benefícios do Networking decorrem do facto de que tudo de que precisamos ser obtido por intermédio de pessoas. Portanto, quem conhece as pessoas certas e cultiva esses relacionamentos beneficia de boa vontade, da flexibilidade, da informalidade, dos recursos, do tempo e dos conhecimentos dessas pessoas.

Além disso, algumas das boas oportunidades de trabalho não são anunciadas em sites de recrutamento ou nos jornais. São oportunidades que surgem por meio do “boca em boca”.

Fazer contactos não só lhe abre portas a uma maior quantidade de oportunidades de emprego, como também às vagas de maior qualidade. Os melhores empregos são sempre atríbuidos a alguém que conhece alguém. Existe sempre mais probabilidades de que alguém conhecedor de uma oferta de emprego para um cargo atractivo  com bom salário, a recomende aos seus amigos e/ou contactos.

  •  Como, quando e onde?

 Ter um bom networking, com os contatos certos, é trabalho que se faz não da noite para o dia. Antes pelo contrário, é actividade que se faz no dia-a-dia, a fim de se conseguir bons contactos com boas pessoas, seja o contacto inicial proposital ou não.

Os conhecidos directos do seus contactos também são um óptimo ponto de partida. É mais fácil e confiável se um seu contacto fala para um amigo ou colega sobre as suas qualidades e competências, ou sobre a vontade de iniciar um novo negócio ou actividade.

Por outro lado, eventos e conferências também são bons lugares para construir relacionamentos. Ter certeza do que fazer e conquistar nesses locais são essenciais para sair com um networking fortalecido. É sempre bom ter em mãos algumas cópias do currículo e/ou cartões de visita para contactos importantes que fizer. Contudo, não espere perder o emprego para pegar o telefone e conversar com pessoas na sua área, pois mesmo estando feliz no seu emprego actual e com a empresa em uma posição estável, não há qualquer certeza quanto ao que pode vir a ser o futuro.

Além disso, a internet expandiu o networking de tal forma que é viável para qualquer um estabelecer uma rede social forte. Existem diversos fóruns e sites de networking empresarial que viabilizam discussões e promovem debates para aprofundar, difundir e trocar conhecimentos.

  • Algumas dicas

1. Não confunda networking com amizade
Networking não é apenas uma conversa entre amigos de áreas similares. Isso não quer dizer que amigos não possam fazer negócios juntos. O objetivo do networking, contudo, é proporcionar benefícios profissionais e, consequentemente, pessoais.

2. Faça networking em locais diversos
Congressos, palestras, reuniões com clientes não são os únicos lugares para fazer networking. O relacionamento profissional pode ser edificado numa mesa de bar, parques ou clubes. Esses encontros também trazem resultados.

3. Esteja prevenido
Se o networking pode ser realizado em múltiplos locais, o profissional deve ficar atento às oportunidades. Portanto, esteja preparado para construir relações com pessoas de interesse comum. Quando for ao cinema, teatro, restaurante não deixe de levar o seu cartão de visita.

4. Mantenha sua rede viva
Accionar sua rede apenas quando está em apuros não é networking, é “netburning”. O empenho que coloca nos seus contactos deve incluir manter a relação viva.

5. Diversifique seus relacionamentos
É importante frequentar novos lugares que o forcem a conhecer pessoas. Senão encontrará sempre as mesmas caras. Poderá perder oportunidades de negócio por falta de novos contactos.

6. Na internet, escolha a rede certa
Siga pessoas que conhece em redes de cunho profissional – Linkedin e Facebook, por exemplo – ou voltadas ao público da sua área. Você pode adicionar pessoas por indicação. Cuidado com o que é publicado no seu perfil e evite defender causas contrárias à opinião pública.

Fonte:
http://www.escoladinheiro.com/2008/07/21/networking-a-importancia-dos-relacionamentos-virtuais-e-contactos-online/
http://www.rh.com.br/Portal/Carreira/Artigo/6468/networking-relacionamento-social-e-mercado-de-trabalho.html
http://curiosando.com.br/aprenda-a-fazer-networking/
http://www.rpmanaus.com/2011/12/o-que-e-networking.html