Carta de apresentação

O que é uma Carta de Apresentação?

Trata-se de uma carta simples e breve, escrita à mão ou por computador, acompanhado o envio do CV, quando enviada a responder a um anúncio de emprego.

O seu objectivo é motivar o empregador, levando-o a interessar-se pelo candidato e a querer conhecê-lo melhor.

As suas funções são: apresentar a candidatura, informar do envio do currículo, descrever as competências e habilitações profissionais e pedir a realização de uma entrevista.

Deve conter como elementos essenciais:
Identificação:
nome, morada, telefone
Referência ao anúncio: jornal, data
Posto de trabalho a que se candidata
Referência ao currículo em anexo
Alusão às características pessoais e competências relevantes para o posto de trabalho em questão
Terminar a carta, manifestando disponibilidade para uma entrevista, apresentando cumprimentos e assinando.

Partes principais das cartas de apresentação:
Cabeçalho – o início das cartas deve conter a identificação do destinatário e do remetente e pode conter também o local e data de envio; por vezes também é possível colocar o assunto que deve incluir a referência do anúncio respondido;

Corpo da carta – esta é a parte mais importante e inclui a origem da oferta de emprego com a indicação do cargo ao qual se concorre, o motivo da candidatura e quais as características que tem para oferecer e porque irão ser positivas para o empregador;

Conclusão – o final da carta deve mencionar a forma de ser contactado.

Cuidados a ter com a apresentação da carta:
– Ser breve – dois ou três parágrafos são suficientes para apresentar o assunto;
– Ser formal – o candidato deve dirigir-se ao potencial empregador obedecendo às formalidades da sua posição, recorrendo às fórmulas de tratamento, apresentação e despedida que se adeqúem;
– Ser simples – a melhor forma de passar uma mensagem de apresentação passa pelas frases claras que recorram a formas gramaticais simples;
– Estar correctamente redigida – os erros gramaticais e ortográficos devem ser sempre evitados sob pena de a candidatura ficar invalidada.
– Ser singular – deve ser diferente e personalizada para cada caso de forma a responder às características do emprego e da empresa que o oferece
Formatação da carta – a carta deve estar escrita com uma letra legível, não demasiado pequena, obedecendo às margens do papel, e sem grandes destaques como sublinhados ou tipo de letra maior